← Voltar

FRAUDE

15,8% dos sinistros ocorridos em 2017 foram considerados suspeitos

Imprimir
Compartilhar no Telegram

sinistroA edição do relatório do Sistema de Quantificação de Fraudes (SQF), referente ao ano de 2017, publicado pela Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), indica que os sinistros ocorridos somaram aproximadamente R$ 33 bilhões. Deste total, R$ 5,2 bilhões foram resultados de sinistros suspeitos, o que corresponde a 15,8% do valor total dos sinistros ocorridos. Por fim, o valor das fraudes que puderam ser comprovadas em 2017 somou aproximadamente R$ 730,1 milhões, o que representa aproximadamente 14,1% do valor dos sinistros suspeitos.

Ao comparar o quociente do valor das fraudes comprovadas pelo valor dos sinistros ocorridos em 2017 (2,2%) com 2016 (1,8%), observa-se um aumento, em termos relativos, de aproximadamente 22,2%. Contudo, cabe ressaltar que em 2017 houve o retorno da participação da Seguradora Líder – DPVAT, o que pode ter impactado o resultado desta apuração comparativa.

Por intermédio do SQF, que é alimentado desde 2004 pelas próprias seguradoras com dados referentes aos ramos de seguros Patrimoniais e de Responsabilidades, são gerados anualmente indicadores de fraude contra o seguro, compondo-se assim uma inédita série histórica dessas ocorrências no segmento de Seguros Gerais.

A íntegra dos resultados do 15º Ciclo, segregado por semestres, pode ser obtida no Relatório Completo, disponível para download gratuito clicando neste link.

Os interessados também podem instalar o aplicativo do Sistema, disponível para IOS e Android.

Fonte: CNseg e Revista Apólice