← Voltar

MERCADO

Preço médio do Seguro Auto tem queda

Imprimir
Compartilhar no Telegram

TR¬NSITO INTENSO NA RODOVIA CASTELLO BRANCOA Bidu, plataforma online de recomendação, comparação e contratação de seguros e serviços financeiros, realizou um levantamento com o valor dos seguros para as versões de entrada dos dez veículos mais vendidos em maio, de acordo com os dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). O Relatório Bidu analisa o preço médio mensal do seguro em cinco capitais brasileiras (Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo) e compara o perfil de homens e mulheres de 35 anos, casados, sem filhos, com garagem em casa e no trabalho, e que estão contratando o seguro pela primeira vez.

Em maio, na contramão do cenário apresentado ao longo do ano, o preço médio do seguro auto apresentou uma retração. No comparativo com abril, oito modelos se repetiram no ranking dos mais vendidos e, para estes veículos, o perfil masculino apresentou uma redução de 4,8%, enquanto o perfil feminino teve uma queda média de 19,5% nas cinco cidades analisadas.

Outro destaque no mês, foi a alta dos preços para o perfil feminino na capital carioca. O preço médio do seguro para o perfil feminino é 13% mais caro em comparação ao perfil masculino (R$5.415 e R$4.943, respectivamente).

O Melhor Custo-Benefício

Ao avaliar a relação do preço médio do seguro e o valor de mercado do veículo (price ratio), o campeão de custo-benefício para o perfil feminino é o Fiat Argo com o preço do seguro representando 5% do valor do carro (segundo a tabela FIPE). Na contramão, o Jeep Compass tem o preço relativo do seguro menos interessante para as mulheres, com price ratio em média de 8,5%.

Já para o perfil masculino, o Onix apresenta o custo mais baixo de seguro, em média 5,6% em relação ao valor do carro. Na relação do pior custo-benefício, o Renegade, estreante no ranking dos emplacamentos, lidera com price ratio de 11,2% sobre o valor do carro.

Variação entre as Cidades

Na análise entre as cidades, Brasília volta a apresentar o seguro mais barato considerando a média para os 10 modelos mais vendidos do mês (R$3.820 para o perfil masculino e R$2.818 para o feminino), seguido por São Paulo (R$4.017 e R$3.428). Na outra ponta, o Rio de Janeiro se mantém com o seguro mais caro entre as cidades analisadas, sendo que, pela primeira vez, o valor para as mulheres se sobrepõe ao dos homens (R$5.415 e R$4.943, em média).

Fonte: Revista Cobertura