← Voltar

CICLO DE DEBATES

“Seguro é sinônimo de amparo, proteção e cuidado”, afirma Lucas Vergilio ao abrir o Goiás Mais Seguro em Anápolis

Imprimir
Compartilhar no Telegram

goias mais seguro anapolis

“Precisamos falar de seguro para podermos passar por cenários econômico, político e social desfavoráveis, fragilizados atualmente. Precisamos falar de seguro para termos um futuro de maior segurança”, destacou o presidente do SINCOR Goiás, deputado federal Lucas Vergilio, ao abrir na manhã de hoje, em Anápolis, o projeto Goiás Mais Seguro. O ciclo de debates levará a cultura do seguro a dez municípios goianos neste primeiro semestre de 2018.

Lucas Vergilio apresentou um panorama histórico do mercado de seguros e seus princípios: a boa fé, o mutualismo e o risco. “Fundamental que as empresas projetem de forma responsável e consciente a possibilidade de ocorrência de um grande risco. Estimativas mostram que 75% das empresas que não conseguem fazer isso de forma correta, sucumbem em seis meses”, alerta.

O presidente do SINCOR-GO falou sobre a cultura de se ver o seguro basicamente pelo seu aspecto financeiro. “Veem o seguro como custo, como gasto e não como investimento”, diz. Essa cultura precisa ser rompida, explica, tendo em vista as consequências decorrentes de uma perda física de um empreendimento.

“Perda de empregos diretos e indiretos, de lucro, impactos para os fornecedores, redução na arrecadação de impostos, perda de produção, danos à imagem e perda de capital intelectual são alguns dos efeitos da ocorrência de um risco. Ou seja, se não fosse o seguro, as economias locais estariam seriamente comprometidas”, destacou o presidente do SINCOR-GO.

O deputado Lucas Vergilio lembrou do incêndio de grandes proporções que atingiu a fábrica da Perdigão em Rio Verde (GO), em 2009, que empregava 5 mil funcionários diretos. “A empresa havia pensado no futuro, se precaveu e pode, depois de quase um ano, se reconstruir, tendo tido os seus prejuízos minimizados em razão do seguro. Pode se restaurar, crescer e se desenvolver.”

Segundo o presidente do SINCOR-GO, precisa-se pensar no seguro sob o aspecto social. “Esse mercado devolve à sociedade um volume enorme em indenizações. O seguro é sinônimo de amparo, de proteção, segurança e cuidado”, definiu.

A segunda parte do evento contou com palestra da analista comportamental, professional e self coach Raquel Nuevo, que fez uma abordagem do comportamento humano diante de riscos e desafios. “O que acreditamos nos motiva ou nos desmotiva. Precisamos compreender de que forma as interferências externas nos influenciam para tomar decisões acertadas”, afirmou.

O evento em Anápolis lotou o Centro de Convenções do Intercity Hotel e contou com a participação da diretoria da entidade, corretores, seguradores e autoridades locais, como o presidente da Câmara Municipal de Anápolis, vereador Amilton Filho; vereador Domingos Paula de Souza (Dominguinhos); presidente da Associação Comercial e Industrial da cidade, Anastácios Apóstolos Dagios; gerente do Sicoob Credseguro em Anápolis, Fábio Henrique; ex-vereador Amilton Batista de Faria (pai do vereador Amilton Farias), dentre outras.

Depois de Anápolis, Porangatu, Uruaçu, Posse, Luziânia, Catalão, Caldas Novas, Jataí, Mineiros e Quirinópolis também receberão o Goiás Mais Seguro. A próxima etapa ocorre nesta sexta-feira, 16, em Porangatu.

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINCOR-GO | Ampli Comunicação