← Voltar

MERCADO

Aumenta a procura dos brasileiros por seguros para celular, de acordo com dados da FenSeg

Imprimir
Compartilhar no Telegram

seguro-celular

O mercado de seguro para celular cresceu 70% no último ano, de acordo com dados da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg). O volume leva em conta o valor de prêmios emitidos (pagamento pela contratação da apólice), que passou de R$ 530 milhões em 2016 para R$ 900 milhões em 2017. Algumas das corretoras especializadas em seguros para celulares e eletrônicos registraram aumento de 80% em relação ao ano anterior.

Para Helena Alves, gerente de uma corretora especializada na área, o bom desempenho é reflexo do maior entendimento do consumidor quanto ao custo-benefício do seguro e também da facilidade para aquisição de uma apólice. “Nós oferecemos a contratação do serviço 100% sem burocracia, pela internet ou telefone. São exigidas apenas as informações solicitadas pelo órgão regulador e o consumidor faz o upload da nota fiscal do aparelho e o registro do IMEI após a aquisição, o que reduz o processo de compra, regulação e liberação do sinistro quando o cliente precisa usar o serviço contratado”, explica a executiva. O processo de contratação totalmente online permite à corretora oferecer preços mais competitivos.

“Nosso maior objetivo é cada vez mais tornar o processo de compra descomplicado, por isso revisamos continuamente a experiência do consumidor. No último ano, conseguimos tornar o processo de compra ainda mais rápido, reduzindo em 20% o tempo gasto pelo usuário no site para efetivar a aquisição do seguro”, afirma a gerente. A estratégia vem dando certo e conquistando clientes. “As pessoas não querem mais perder tempo preenchendo longos formulários ou indo até uma loja física. Prova disso é que hoje 60% das nossas vendas são realizadas via site”, complementa Helena Alves.

Fonte: Jornal da Região