← Voltar

CONGRESSO BRASILEIRO

Solenidade de abertura é marcada por otimismo e realismo diante dos desafios do mercado de seguros

Imprimir
Compartilhar no Telegram

CONGRESSO DESTAQUE ABERTURAUm tom de otimismo e ousadia, mas sem deixar de lado o realismo, dominou a abertura  oficial do 20º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros, nesta noite (12), no Centro de Cultura e Convenções de  Goiânia.  O governador Marconi Perillo compôs a mesa solene, juntamente com o presidente da Fenacor,  Armando Vergilio, e o presidente do SINCOR-GO, Henderson de Paula Rodrigues, entidades parceiras na realização do evento.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, o ministro do Planejamento, Diogo Henrique de Oliveira, o titular da Susep, Joaquim Mendanha, e o deputado federal e vice-presidente do SINCO-GO, Lucas Vergilio, também participaram da mesa de abertura ao lado de Robert Bittar, diretor da Escola Nacional de Seguros, e Márcio Coriolano, presidente da Confederação Nacional das Empresas de Seguros (CNseg).

“Essa vai ser uma edição histórica”, disse o presidente da Fenacor ao abrir o evento,  citando a  primeira vez em que Goiânia sediou o evento, quando ele era presidente do SINCOR-GO. “Desde então, iniciamos uma nova trajetória na indústria do seguro, colecionando muitas vitórias e algumas cicatrizes”, destacou.

Armando Vergilio fez uma concitação aos colegas corretores de seguros. “Vamos nos valorizar. Chega! Não vamos perder tempo com quem vive nos desprezando. Vamos prestigiar somente quem reciprocamente nos valoriza, nos prestigia e nos respeita”, convocou, sendo aplaudido com entusiasmo pela plateia.

“Aqui vamos debater as questões importantes para o setor e proponho que a gente saia da nossa zona de conforto”, continuou Armando VergIlio. “A inovação é um caminho sem volta e este momento é não apenas de mudança de paradigmas, mas também de reforma de mentalidade, quer seja na relação com a tecnologia disruptiva ou com a realidade do país”, destacou o presidente da Fenacor.

henderson abertura congresso brasileiroHenderson de Paula Rodrigues, em seu discurso de boas-vindas , frisou o peso do mercado de seguros na economia brasileira. “Temos de 6% a 7% de participação no PIB nacional em um país que somente de 12% a 15% da população tem apenas um ou dois tipos de seguro. Temos espaço para crescer e chegar a dois dígitos. Para construir mercados, incorporando a  tecnologia como aliada, o corretor é e sempre será o principal elo com a sociedade, com o consumidor”, ressaltou o presidente do SINCOR-GO.

O presidente do SINCOR-GO ainda conduziu um dos momentos mais emocionantes da solenidade ao convidar os goianos na plateia a saudar de pé os convidados de outras cidades e estados.

Combate ao mercado marginal

Ao se dirigir aos presentes no Teatro Rio Vermelho, o deputado federal Lucas Vergilio convocou os corretores de seguros e seguradores a se unirem contra a “praga das associações e cooperativas de proteção veicular”, alertou. O parlamentar também reafirmou a importância de a categoria fazer-se presente em Brasília, no dia 24 de outubro, quando será realizada audiência pública para discutir o assunto dentro da comissão especial da Câmara instalada para deliberar sobre o PL 3139/2017, de sua autoria, que proíbe a atuação dessas empresas no mercado.

Após abordar algumas medidas adotadas após assumir a gestão da Susep, o também goiano Joaquim Mendanha surpreendeu a todos ao entregar a primeira identidade profissional de corretor de seguros para o presidente da Fenacor, Armando Vegilio. “Esse foi um compromisso assumido e agora cumprido por nós”, afirmou o titular do órgão regulador.

Fechando as manifestações da noite, o governador Marconi Perillo lembrou que participou da 10ª edição do congresso, realizada em Goiânia, em 1997. “Desde então, em boa parte devido aos ensinamentos de Armando Vergilio, compreendi o papel dos corretores de seguros como protetores dos consumidores. Durante minha atuação como senador e deputado, entendi a necessidade  de colaborar em projetos fundamentais para o mercado de seguros”, frisou Marconi Perillo. Em sua fala, o governador ainda  apresentou um breve resumo da evolução do Estado nos últimos 20 anos, ressaltando a contribuição dos corretores de seguros  para este desenvolvimento.

A solenidade terminou com o soteio de um carro zero quilômetro para participantes do evento. O corretor de Goiás Eliomar  Almeida de Castro foi o contemplado com o veículo, oferecimento da Fenacor.

A noite foi encerrada com jantar e show do cantor Leonardo. A programação será retomada nesta sexta-feira (13) com a realização de painéis e oficinas com abordagens diferentes em torno do tema central do congresso.

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINCOR-GO | Ampli Comunicação. Foto: Luciana Lombardi