← Voltar

COMUNICAÇÃO

Fenacor apresenta para a imprensa de São Paulo novidades na edição 2017 do Prêmio de Jornalismo

Imprimir
Compartilhar no Telegram

premio-fenacor

A Fenacor apresentou para profissionais da imprensa de São Paulo, nesta quinta-feira (10 de agosto), a segunda edição do Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros – idealizado pela Federação, em parceria com a CNSEG, a Escola Nacional de Seguros e o IRB Brasil Re e patrocínio especial da Generali.

O presidente do SINCOR-GO, Henderson de Paula Rodrigues, acompanhou o evento na capital paulista.

Na ocasião, o presidente da Fenacor, Armando Vergilio, anunciou algumas novidades no regulamento e na premiação.

A principal delas é o aumento para aproximadamente R$ 300 mil do valor total que será destinado aos vencedores, o que consolida esse prêmio como o maior do Brasil voltado especificamente para profissionais da imprensa.

De acordo com Vergilio, além dos R$ 270 mil já garantidos, haverá um prêmio extra, oferecido pela Generali, para o vencedor da categoria especial “Corretores de Seguros”, que terá direito a mais mil euros e a uma viagem para a Itália, com hospedagem e passagens pagas e direito a levar acompanhante. O premiado receberá ainda o troféu “Camilo Marina”, em homenagem ao ex-vice-presidente da Generali Brasil, que foi uma das maiores lideranças do mercado de seguros no País. “Haverá ainda uma surpresa especial para o vencedor da modalidade imprensa especializada, a qual será anunciada apenas no dia da premiação”, disse Armando Vergilio..

Ele revelou ainda uma alteração no regulamento referente à categoria “Corretores de Seguros”. Nesta edição, a escolha dos vencedores da categoria será feita em conjunto pelos corretores de seguros de todo o Brasil, através do aplicativo FENACOR ou diretamente no site da Federação, e pelo Comitê de Julgamento.

Armando Vergilio acentuou ainda que já estão sendo estudadas novas melhorias para a edição de 2018. “Esse prêmio veio para ficar”, assinalou o presidente da Fenacor, que agradeceu a parceria da Escola Nacional de Seguros, da CNSEG e do IRB e o patrocínio da Generali, além do apoio dos Sincors.

Fonte: Fenacor